Um Blog de percepções, de afetos e algumas bobagens cotidianas.

domingo, 14 de agosto de 2011

Tá eu publico

E aí me pergunta, pô, tu tem 21 seguidores, porque abandonar o Blog e tal. Então fiquei pensando, realmente, tenho algumas coisas pra dividir e seria legal voltar aqui mais vezes. A verdade é que o Face, por ser mais dinâmico, me fez esquecer d'Osolhosabertos. Prometo que abro os olhos outra vez. Pode ser de vez em quando?

Hoje eu me reencontrei com o Chico. Ganhei o CD e mergulhei nas letras doidas desse maluco e na melodia desencontrada que eu tanto amo. E aí o cara se apaixona por uma mulher mais nova de cabelos cor-de-abóbora. E aí ele faz uma música pra ela. E aí ele canta outra com ela. Louco, apaixonado pelas mulheres, poeta, leitor máximo das sutilezas da vida cotidiana. Esse é e continua sendo o Chico.

O CD é mais um absurdo genial.
A aqui o site delicioso que mostra os bastidores, com vídeos como esse aí embaixo que documenta a gravação da faixa "Se eu soubesse", com a cabelos-cor-de-abóbora Thaís Gulín.

Chico: Bastidores - Clipe "Se Eu Soubesse" from Chico Buarque: Bastidores on Vimeo.


segunda-feira, 28 de março de 2011

BORRO GALERIA


Eu não preciso de mais nada. Agora, na minha estimada Cidade Baixa temos BORRO, uma galeria, que tem uma loja de objetos de arte e um café - e com um nome muito apropriado inclusive, que sonoramente lembra boho abreviatura newyorker da palavra bohemian, mas graficamente nos remete ao borro de tinta.
Eu já fiquei me imaginando ali, sentadinha depois do meu almoço, tomando um bom café rodeada por arte e por amigos. Ou no final da tarde, encontrar o povo para um jam session, um sarau, ou lançamento de um livro.

Cléo Maguetta, Porto Alegre merece um pouco de BORRO. E mais um pouco de BORRA. E mais um pouco de BOHO.