Um Blog de percepções, de afetos e algumas bobagens cotidianas.

sexta-feira, 2 de maio de 2008

arte trash NYC


Esses dias eu vi uma reportagem que falava sobre as cidades e o lixo. Eles entrevistavam especialistas no estudo dos dejetos urbanos que deixaram claro ao mostrar um mapa-retrato do Rio de Janeiro, o quanto o lixo de cada região tinha a ver com o estilo de vida do pessoal que habita cada canto da cidade.
Bom, indo um pouco além, um pessoal de NYCity tem transformado lixo em arte contemporânea.
É possível comprar online por 50 bucks uma caixinha transparente com um montinho de lixo recolhido das ruas da Big Apple.
"own a piece os NYC for just $50".
Achei interessante pra quem mora na cidade...ou pra quem passou por ela em determinado momento. O lixo não marca só o estilo de vida, mas também uma época, uma estética nos rótulos amassados, uma notícia antiga num pedaço de jornal. Lixo é passado e passado merece sempre ser relembrado.

Veja mais no picocool.





Pode chover! Viva as galochas!



Dia de chuva.

Pingo que não acaba mais.
Tô de allstarzinho de loninha e me dei muito mal indo almoçar assim. Chegando em casa, penso...benditas galochas. Saudade da minha bota de borracha vermelha com cheirinho de bubble-gum.
Taí. Essa é uma modinha que tem lá algum sentido. Só não me vem de galocha em dia de sol, peloamordedeus. É pra chuva.

Pesquisando descobri que a mãe das galochas é a marca Hunter , que criou, através de seu fundador Arthur Wellesley - cansado das botas pesadas da época - as Wellies, primeiras botas de borracha que imitavam as botas de cano longo da aristocracia inlesa. E tudo isso começou lá no inicio do século XIX.
Em 1852 o sr. Goodyear aplicou o processo de vulcanizaçao da borracha às ditas botas e tornou-as totalmente impermeáveis e muito semelhantes às que se podem comprar hoje.

Hoje a Hunter está falindo, uma pena. Mas continua vendendo as botas mais lindas, anatômicas e duráveis do mercado das galochas!


The Wellies Boots (as autênticas)

Aqui embaixo, variações do mesmo tema, para ver ao som de "singing in the rain".

>>Burberries boots
Interessante o tradicional xadrez à la Burberries aplicado às Wellies. Mas eu ficaria com a pretinha mais discreta.


>>Emilio Pucci
Lindas, lindas de morrer, com muita ilustração (fiquei curiosa pra saber quem ilustrou, mas essa informação eu não encontrei no site).


>>Plueys (obrigatório visitar o site!!)
Fofoletes total, as mais lindas até agora. O site é todo menininha e todas vêm com esse sistema de fivela que me pareceu bem bom para ajustar na perna, além de muito charmoso.





Que venha a chuva!
E que fique uma dica de Luluzinha: cuidado com as escadas-rolantes, elas sugam meninas chatas de galocha!!! :)