Um Blog de percepções, de afetos e algumas bobagens cotidianas.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Aventuras em terra espanhola | Nosso curso Ciudad Transmedia em Málaga


Eu, Tiago e Lenara estivemos durante 10 dias na região Andaluz - que dizem ser a região mais espanhola da Espanha - ministrando um curso pela UNIA (Universidade Internacional Andaluz), que fica am Málaga. Málaga é uma cidade-praia muito linda, onde nasceu Picasso. Se bem que depois dos 19, ele nunca mais voltou para visitar. Mesmo assim a cidade sobrevive da história do artista e mantém o turismo aceso graças ao pai da Guernica, obra que, por sua vez, não está no Museo Picasso de Málaga e sim no Museo Reina Sofia, em Madrid.

Enfim, nosso curso, que aconteceu na sede da Casa Invisível - uma mansão no centro da cidade que foi ocupada por um grupo de artistas e tem parceria com a UNIA para sediar cursos da Universidade - teve a proposta de construir uma narrativa interativa digital. Como isso pode não explicar muito, vou resumir a atividade: formamos um grande coletivo composto por aproximadamente 16 alunos, que se dividiram em 04 grupos. Cada grupo criou um personagem com características bem específicas e cada personagem ganhou sua rota pelo Centro Histórico de Málaga. Os grupos saíram para reconhecer o território e depois gravaram o trajeto em 10 vídeos de 1 a 3min cada, em câmera subjetiva, como se fosse a visão do personagem sobre a cidade/sobre o trajeto.













Visualizar Ciudad Transmedia Málaga em um mapa maior


Os vídeos estão sendo incorporados ao GoogleMaps, aplicados aos trajetos. E ao longo do caminho, o pessoal colou adesivos (pegatinas, como dizem os espanhois) com QR codes que direcionam para os caminhos percorridos ou para o BLOG DO CURSO.


O principal retorno nisso tudo, além de podermos conviver com pessoas que pensam como a gente no outro lado do mundo, foi ter a oportunidade de conhecer ainda mais a fundo as histórias impregnadas em cada ruelinha, em cada contorno da cidade. Málaga é cheia de histórias, cheia de ruínas e de tradição. Imaginem, uma cidade fundada pelos Fenícios em 800 a.C! Já teve ocupação grega, germânica, árabe, judaica e, finalmente, católica. Tem no seu corpo urbano ruínas de teatro romano, ruínas de uma antiga muralha construída pelos árabes que deixaram na cidade muitas marcas incuindo a tradição dos jardins com árvores repletas de flores e laranjas, igrejas suntuosas e até a famosa Plaza de Toros, a primeira coisa que corremos para conhecer.






Nossa vontade é levar o projeto para outras cidades, traçar mais rotas, mais desvios, descobrir outros causos, outros contos, outros personagens característicos de cada cultura.

Marina Abramovic se manifesta.



Confira a entrevista com a artista na íntegra.

Depois do sucesso no MoMA com a mostra "A artista está presente", a artista performer traz a mostra "Back to Simplicity" para o Brasil, em exposição na galeria Luciana Brito (SP).

Manifesto sobre a vida do artista
por Marina Abramovic

1 a conduta de vida do artista:
- o artista nunca deve mentir a si próprio ou aos outros
- o artista não deve roubar idéias de outros artistas
- os artistas não devem comprometer seu próprio nome ou comprometer-se com o mercado de arte
- o artista não deve matar outros seres humanos
- os artistas não devem se transformar em ídolos
- os artistas não devem se transformar em ídolos
- os artistas não devem se transformar em ídolos

2 a relação entre o artista e sua vida amorosa:
- o artista deve evitar se apaixonar por outro artista
- o artista deve evitar se apaixonar por outro artista
- o artista deve evitar se apaixonar por outro artista

3 a relação entre o artista e o erotismo:
- o artista deve ter uma visão erótica do mundo
- o artista deve ter erotismo
- o artista deve ter erotismo
- o artista deve ter erotismo

4 a relação entre o artista e o sofrimento:
- o artista deve sofrer
- o sofrimento cria as melhores obras
- o sofrimento traz transformação
- o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito
- o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito
- o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito

5 a relação entre o artista e a depressão:
- o artista nunca deve estar deprimido
- a depressão é uma doença e deve ser curada
- a depressão não é produtiva para os artistas
- a depressão não é produtiva para os artistas
- a depressão não é produtiva para os artistas

6 a relação entre o artista e o suicídio:
- o suicídio é um crime contra a vida
- o artista não deve cometer suicídio
- o artista não deve cometer suicídio
- o artista não deve cometer suicídio

7 a relação entre o artista e a inspiração:
- os artistas devem procurar a inspiração no seu âmago
- Quanto mais se aprofundarem em seu âmago, mais universais serão
- o artista é um universo
- o artista é um universo
- o artista é um universo

8 a relação entre o artista e o autocontrole:
- o artista não deve ter autocontrole em sua vida
- o artista deve ter autocontrole total com relação à sua obra
- o artista não deve ter autocontrole em sua vida
- o artista deve ter autocontrole total com relação à sua obra

9 a relação entre o artista e a transparência:
- o artista deve doar e receber ao mesmo tempo
- transparência significa receptividade
- transparência significa doar
- transparência significa receber
- transparência significa receptividade
- transparência significa doar
- transparência significa receber
- transparência significa receptividade
- transparência significa doar
- transparência significa receber

10 a relação entre o artista e os símbolos:
- o artista cria seus próprios símbolos
- os símbolos são a língua do artista
- e a língua tem que ser traduzida
- Às vezes, é difícil encontrar a chave
- Às vezes, é difícil encontrar a chave
- Às vezes, é difícil encontrar a chave

11 a relação entre o artista e o silêncio:
- o artista deve compreender o silêncio
- o artista deve criar um espaço para que o silêncio adentre sua obra
- o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento
- o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento
- o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento

12 a relação entre o artista e a solidão:
- o artista deve reservar para si longos períodos de solidão
- a solidão é extremamente importante
- Longe de casa
- Longe do ateliê
- Longe da família
- Longe dos amigos
- o artista deve passar longos períodos de tempo perto de cachoeiras
- o artista deve passar longos períodos de tempo perto de vulcões em erupção
- o artista deve passar longos períodos de tempo olhando as corredeiras dos rios
- o artista deve passar longos períodos de tempo contemplando a linha do horizonte onde o oceano e o céu se encontram
- o artista deve passar longos períodos de tempo admirando as estrelas
no céu da noite

13 a conduta do artista com relação ao trabalho:
- o artista deve evitar ir para seu ateliê todos os dias
- o artista não deve considerar seu horário de trabalho como o de funcionário de um banco
- o artista deve explorar a vida, e trabalhar apenas quando uma idéia se revela no sonho, ou durante o dia, como uma visão que irrompe como uma surpresa
- o artista não deve se repetir
- o artista não deve produzir em demasia
- o artista deve evitar poluir sua própria arte
- o artista deve evitar poluir sua própria arte
- o artista deve evitar poluir sua própria arte

14 as posses do artista:
- os monges budistas entendem que o ideal na vida é possuir nove objetos:
1 roupão para o verão
1 roupão para o inverno
1 par de sapatos
1 pequena tigela para pedir alimentos
1 tela de proteção contra insetos
1 livro de orações
1 guarda-chuva
1 colchonete para dormir
1 par de óculos se necessário
- o artista deve tomar sua própria decisão sobre os objetos pessoais que deve ter
- o artista deve, cada vez mais, ter menos
- o artista deve, cada vez mais, ter menos
- o artista deve, cada vez mais, ter menos

15 a lista de amigos do artista:
- o artista deve ter amigos que elevem seu estado de espírito
- o artista deve ter amigos que elevem seu estado de espírito
- o artista deve ter amigos que elevem seu estado de espírito

16 os inimigos do artista:
- os inimigos são muito importantes
- o Dalai Lama afirmou que é fácil ter compaixão pelos amigos; porém, muito mais difícil é ter compaixão pelos inimigos
- o artista deve aprender a perdoar
- o artista deve aprender a perdoar
- o artista deve aprender a perdoar

17 a morte e seus diferentes contextos:
- o artista deve ter consciência de sua mortalidade
- Para o artista, como viver é tão importante quanto como morrer
- o artista deve encontrar nos símbolos da sua obra os sinais dos diferentes contextos da morte
- o artista deve morrer conscientemente e sem medo
- o artista deve morrer conscientemente e sem medo
- o artista deve morrer conscientemente e sem medo

18 o funeral e seus diferentes contextos:
- o artista deve deixar instruções para seu próprio funeral, para que tudo seja feito segundo sua vontade
- o funeral é a última obra de arte do artista antes de sua partida
- o funeral é a última obra de arte do artista antes de sua partida
- o funeral é a última obra de arte do artista antes de sua partida