Um Blog de percepções, de afetos e algumas bobagens cotidianas.

domingo, 25 de abril de 2010

headplane

Poesia vivo. Estou. Sou. Cada vez mais sou.
E me basto e adoro a minha própria companhia.
E viajo. Acho que é ano de viajar.
Gonna take my headplane and fly.

Mas quero viajar por terra também. Pelo ar. Pelo mar (não, pelo mar não, tenho medo do mar).

Instabilidade? Existe.
Mas eu abro a janela e sinto o vento.
Se não tem sol eu acendo a luz.
Se não tem luz eu fecho os olhos.

Me deixa aqui quietinha. Eu e meus livros. Viajando no tempo.

Um comentário:

Dessa Zanette disse...

OLHOS ABERTOS - ELIS REGINA

[...]

Vendo os olhares desertos de tantas pessoas antigas
Tantas pessoas amigas querendo um cigarro e um carinho
Gente que puxa uma briga na estrada, com os olhos brilhando
Precisa só de um abraço, bem forte e bem dado

E eu quero encontrar as pessoas
De mãos e olhos abertos
Sem me preocupar com dinheiro e posição

Eu preciso encontrar as pessoas
Ficar de mãos dadas com elas
Conversar com a boca e os olhos do coração


beijos em primeiridade
=)