Um Blog de percepções, de afetos e algumas bobagens cotidianas.

sábado, 28 de março de 2009

SOBRE COISAS QUE REALMENTE DEVEMOS PERDER

fazendo uma limpa no meu computador eu comecei a encontrar fotos de coisas que eu tinha perdido. tem uma joaninha na minha perna agora! mas isso foi só um desvio na rota desta conversa.

voltando as coisas que a mim não mais pertencem, entre elas está algo muito especial. um pingente de maria que eu ganhei da rafa. não sou muito apegada a coisas materiais, até porque eu já me entendi como uma pessoa aérea, vivo no mundo das idéias e quando vi...puf, já foi.
bom, graças ao advento da fotografia, em especial da fotografia digital, que nos incentiva a ficar fotografando tudo a toda hora, eu guardei algumas fotos dessa maria que andava comigo no pescoço.



e ainda dentro desse assunto sobre coisas que devemos ou não perder, sugiro fortemente que as pessoas percam essa mania de consumir produtos light, diet e afiliados. quem me conhece sabe o horror que eu tenho dos falsos-doces e vai ouvir novamente a história que eu conto sobre a época que eu morei na Flórida, quando se proibia qualquer produto que tivesse adição de aspartame. porque fazia muito mal. uma coisa que adoça mas não é açucar e ainda por cima tem gosto de remédio não pode fazer bem pra sua saúde.

existem pesquisas a respeito, mas também existe a indústria, que não vai deixar que a gente deixe assim tão rapidamente de consumir lights e diets. em 2005 saiu uma matéria no fantástico que falava sobre um estudo realizado pela fundação Ramazzini, iniciado em 1997, que testou aspartame em 1,8 mil ratos durante a vida deles (dois ou três anos, que corresponderiam a 30/40 anos na vida de uma pessoa).

constatações interessantes sobre os testes com os ratinhos:
1. nenhum rato emagreceu sequer uma grama;
2. 20% dos ratos de um dos grupos tiveram leucemia.

e viva a coca normal.

Nenhum comentário: